Equipa Responsável pela Coordenação Científica
A organização da LusoExpedição Olympus 2007 conta com uma equipa constituída por elementos com domínios pedagógicos e científicos alargados. A coordenar esta equipa encontram-se o Prof. Doutor Manuel Pinto de Abreu, Vice-reitor da Universidade Lusófona, o Prof. Frederico Almada, Sub-director do Curso de Biologia e o Prof. Gonçalo Calado, Professor Auxiliar do Curso de Biologia.

Manuel Pinto Abreu
Coordenador da missão:

Prof. Doutor Manuel Pinto de Abreu
reitoria@ulusofona.pt

Funções actuais:
Vice-reitor da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), Director das Licenciaturas em Ciências do Mar, Química, Eng. Biotecnológica e Eng. Do Ambiente da ULHT
Formação académica: Doutorado em ‘Physical Oceanography’, Monterey, Califórnia, EUA; Doutor em física, ramo de oceanografia, Universidade de Lisboa; Msc em ‘Phisical oceanography’, Monterey, Califórnia, EUA; Engenheiro hidrógrafo, Instituto Hidrográfico, Lisboa.
Principais áreas de interesse em investigação: Oceanografia física.

Outras notas:
Responsável pela Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental;
Membro do Conselho Científico das Ciências do Mar e do Ambiente, da Fundação para a Ciência e Tecnologia e membro eleito da Ordem dos Engenheiros;
Foi Presidente do Conselho Consultivo da Comissão Interministerial para a Delimitação da Plataforma Continental e membro, na qualidade de personalidade de reconhecido mérito, da Comissão Estratégica dos Oceanos.

 

Frederico Jose Oliveira Almada
Biólogo Marinho:

Frederico José Oliveira de Almada (Unidade de Investigação em Biodiversidade e Desenvolvimento - ULHT)
33 anos
frederico.almada@ulusofona.pt

Funções actuais:
Professor Auxiliar Convidado na Licenciatura em Biologia na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, lecciona Evolução
Formação académica: Mestre em Etologia pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa
Principais áreas de interesse em investigação: Ecologia, evolução e biogeografia de peixes litorais

Artigos seleccionados:
1) Guillemaud, T; Almada, F; Serrão Santos, R. & Cancela, M.L. 2000. Interspecific utility of microsatellites in fishes: a case study of (CT)n and (GT)n markers in the shanny Lipophrys pholis (Pisces: Blenniidae) and their use in other Blennioidei. Marine Biotechnology, May, 2(3): 248-253.
2) Almada, F.; Almada, V.; Guillemaud, T.; Wirtz, P. 2005. Phylogenetic relationships of the north-eastern Atlantic and Mediterranean blenniids. Biological Journal of the Linnean Society. 86: 283-295.
3) Almada F.; Almada V.C.; Domingues V.; Brito A.; Santos R.S. 2005. Molecular validation of the specific status of Parablennius sanguinolentus and Parablennius parvicornis (Pisces: Blenniidae). Scientia Marina. 69(4): 519-523.


Goncalo Jorge Pestana Calado
Biólogo Marinho:

Gonçalo Jorge Pestana Calado (Unidade de Investigação em Biodiversidade e Desenvolvimento - ULHT)
34 anos
bagoncas@netvisao.pt

Funções actuais:
Professor Auxiliar na Licenciatura em Biologia na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, lecciona Biologia Marinha e Ecologia
Formação académica: Doutorado em Biologia na Universidade de Santiago de Compostela, Espanha

Principais áreas de interesse em investigação:
Ecologia, evolução e adaptações de invertebrados marinhos; filogenia, sistemática e biogeografia de moluscos opistobrânquios.

Outras notas:
É membro do comité MAB- Portugal (Man & Biosphere UNESCO)
Tem participado em várias campanhas científicas em Portugal continental e ilhas, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Moçambique e África do Sul.
Prémio Milénio Sagres/Expresso, edição de 2002 (25 000 €) para a implementação do projecto “Aquacultura de Lesmas-do-Mar com interesse farmacológico”

Artigos seleccionados:
1) Calado, G., J. Ortea & M. Caballer. (2005) A new species of the genus Flabellina Voigt, 1834 (Mollusca: Nudibranchia) from the Cape Verde Islands. Journal of Conchology. 38(6): 663-671.
2) Duarte, P., J. M. Bernardo, A.M. Costa, F. Macedo, G. Calado & L. Cancela da Fonseca, 2001 Analysis of coastal lagoon metabolism as a basis for management.  Aquatic Ecology 36: 3-19.
3) Malaquias, M.A.E & G. Calado, 1997. The malacological fauna of Selvagens Archipelago: Opisthobranch Molluscs. Boletim do Museu Municipal do Funchal (HN), XLIX (281): 149-170.

 

Organização

 

 

 

 

 
 
Navio "Creoula"
 
 




 
 

Grupo Lusófona
1 Contactos  
 
 
Copyright © 2006 Universidade Lusófona | Contacto | última actualização: 8/5/2006